Lastros da Maternidade

15226390_1169116146499328_1187590010_n

Que tudo na vida tem um preço a gente já sabe, que todas as escolhas levam a destinos também, que cada destino nos marca de alguma forma, estão aí as mais belas artes pra presentear a sensibilidade de quem tem olhos pra ver.

                A beleza inspira e transforma, a gente precisa dela pra viver. Lembrando que ela plural e se distingue do ordinário pelas emoções que nos causam, então a gente não quer saber de uma beleza só. A gente quer saber é dela e de você.

                Lucas Machado e eu vimos conversando sobre fotografia e feminino, corpo e maternidade, beleza e suas possibilidades, e dessas nossas conversas surgiu o desejo de um projeto, o de registrar as marcas que você identifica no corpo como herança da maternidade, mesmo que ela ainda seja só barriga. Aquela cicatriz, olheira, musculatura torneada, marca de expressão, flacidez, estria, qualquer que seja a  marca, só tem que ser uma que você olhe e diga “isso aqui foi quando…”, “essa eu ganhei…”, “naquela época…”, “antes de meu/minha filh@ chegar…”.

                Queremos nos reunir com todas que desejarem participar desse projeto, mas por edições, pois as vagas são limitadas. Precisamos falarmos sobre isso e nos conhecermos e sabermos mais sobre as marcas que contam da nossa trajetória, dos nossos amores, das crias que forjamos com o próprio corpo e às quais emprestamos a alma pra sempre.

Esperamos que esse encontro aconteça logo e desde já somos agradecid@s pelo envolvimento de tod@s!

Quem tiver interesse em participar, entre em contato pelo email contato@gineceu.com.br ou pelo whatsapp (22) 99703-0978.

Abraço,

Elis Barbosa

Lucas Machado

One thought on “ensaio fotografico lastros da maternidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *